Como é a tua relação contigo?

20190825_221802

Antes de falarmos da relação com os nossos filhos, com os nossos pais, companheiro, amigos, como é a tua relação contigo?

Quem és tu? Não é o que fazes ou o que tens, mas quem és realmente tu?

A maior viagem que podes fazer é a interna, olhares para dentro de ti próprios e perceberes realmente quem és tu.

Nascemos, crescemos, tornamo-nos os adultos que a sociedade e as pessoas à nossa volta criaram, mas quem somos na realmente?

Qual seria o meu comportamento se todos os factores da minha vida fossem diferentes do que são? Se nascesse noutra família, noutro pais, se tivesse outra religião, se tivesse outra cor de pele, se fosse de outro género?

Na realidade, nós nascemos como uma folha em branco, abertos a tudo, todas as possibilidades fazem sentido, mas vamo-nos moldando com as informações que vamos recebendo. Os perigos à nossa volta, que todos nos alertam, os medos que nos transmitem e que passam a ser nossos, as verdades dos outros que passam a ser a nossa realidade.

Aceitamos as crenças dos outros, aceitamos os objectivos dos outros como nossos. Mas é isto que tu queres?

Em algum momento da tua vida vais sentir necessidade de olhar para dentro, vais quer saber mais sobre ti, o que realmente és, o que te move, o que te apaixona.

Precisas de te conectar com o teu ser interior, aceitar o que o que és, perdoar o que houver para perdoar, para poderes avançar com integridade e verdade. Assumindo a bandeira da tua própria vida. Assumindo a tua vida com total transparência e amor, sabendo que só assim podes crescer, podes evoluir, e que podes te partilhar com os outros.

E só a partir deste momento, posso falar em consciência sobre a relação com os meus filhos, com os meus pais, com o meu companheiro, com os meus amigos, com os outros.

Só assim, sinto a segurança para poder construir uma relação de respeito, consciente e saudável com todos os que se cruzem na minha vida!

Related Posts

Leave a comment